O Ituano estreou nesta terça feira na Copa São Paulo 2017 com um calor de 36o as 14 horas quando começou a partida contra o Guarani. O jogo abriu o grupo 16 em Itu e o estádio Novelli Júnior é sede pela 4a vez seguida. Independente de jogar em casa o Ituano  mais uma vez começou a principal competição de base do Brasil com vitória. Com gols de Bassani e Valmir marcados ainda no 1o tempo, venceu o clube de Campinas por 2×0. “Muito importante começar com vitória. Queríamos muito começar assim e nos dá tranquilidade para a sequência do campeonato” afirmou o autor do primeiro gol Bassani.

Esta foi a sexta vez seguida que o Ituano estreia com vitória. Foi assim em 2001 contra o Figueirense em Itu, em 2005 contra o Madureira em Votorantim, em 2014 venceu o anfitrião Sumaré e desde 2015 venceu em casa. Na sequência o Galícia, Santos do Amapá e agora o Guarani.

“Eu sabia deste retrospecto e é mais uma pressão porque todos ficam com aquela ansiedade da estreia. Temos alguns garotos que já jogaram a Copa São Paulo, mas temos alguns que estavam estreando na competição. Se ficamos ansioso, imagina o garoto. O importante foi o foco e a determinação. Tudo que foi colocado na pré temporada foi colocado em campo e mérito deles que souberam jogar neste calor desumano, apesar das 6 alterações. Fizemos os gols no momento certo e conseguimos sair com a vitória” comentou o técnico Fabrício Nunes.

Bassani disputou 4 partidas em 2015 e não pode jogar no ano passado por causa de uma lesão.

A vitória foi construída desde o primeiro minuto com boa participação de todos. Pela direita com o lateral Edson e Igor que fez a jogada do primeiro gol aos 18 minutos. Ele cruzou para o desvio certeiro de Bassani que abriu o placar. Ou pelo lado esquerdo com boas jogadas de Rafael Pavani e Valmir que ameaçou o gol bugrino com chutes de fora da área e cobrança de falta. O segundo gol saiu pelo meio.

Bassani só desviou de peito deixando Valmir livre para acertar uma bomba marcando 2×0 aos 39 minutos.

“Esta vitória para mim é muito importante. Querendo ou não tem uma pressão em cima de mim porque já joguei no profissional. Felizmente pude fazer gol e assistência e ajudar na vitória do meu time” comemorou Bassani que está no profissional há um ano e meio.

Fonte: Ituano F.C.