Foi um final de tarde como daqueles que há muito tempo não se via no Canindé. Com um bom público, mais de seis mil pessoas, segundo estimativas da FPF, acompanharam Lusa e Flamengo pela semifinal da Copa São Paulo de Futebol Júnior. A Portuguesa lutou até o fim e caiu de pé. Após ser derrotada por 3 a 2 diante da equipe carioca, a Lusa despede da Copa São Paulo como a grande surpresa do torneio. A campanha realizada pelos garotos do Canindé no início de 2018 vai ficar para a história.

O JOGO

A primeira etapa começou bem movimentada no Canindé. Aos 8 minutos, Cesinha cruzou para dentro da área  e Davi livre, desviou para abrir o marcador. Os cariocas não abaixaram a cabeça e foram logo se lançando ao ataque com perigo. Aos 12 minutos Vitor Gabriel cabeceou após cobrança de falta deixando o goleiro Matheus em perigo. Ainda no primeiro tempo, Luiz Henrique apareceu livre na área lusa e mandou no ângulo do goleiro lusitano.  Com o resultado adverso, a Lusa  ainda teve o técnico Márcio Zanardi expulso após reclamações.

No segundo tempo, a Lusa voltou mais focada no jogo. Correndo contra o tempo e o placar, porém, o nervosismo da equipe lusitana fez os cariocas chegarem mais uma vez ao gol, aos 15 minutos.  Vitor Gabriel, após cobrança de escanteio ampliou para os visitantes, 3 a 1.

Com o jogo indo para o seu término, a rubro-verde partiu para o tudo ou nada, mas de forma desorganizada e com muitas jogadas individuais. Aos 34 minutos, Pernambuco aproveitou cruzamento e cabeceou sem chances para o goleiro do Flamengo Yago Darub, diminuindo a diferença para a Lusa. Em busca do empate, a Lusa se lançou ao ataque. Aos 43, o empate da Portuguesa só não saiu porque o goleiro do Flamengo fez uma grande defesa após chute à queima-roupa de Pernambuco.

Fonte: Associação Portuguesa de Desportos