Após encerrar uma sequência de cinco jogos sem vitória ao bater o Oeste, o São Bentoconquistou nesta terça-feira o segundo triunfo seguido no Campeonato Brasileiro da Série B. No estádio Walter Ribeiro, venceu o Paysandu por 1 a 0, em jogo válido pela 25.ª rodada, e conseguiu abrir distância da zona de rebaixamento.

O time paulista chegou aos 31 pontos e subiu para a 12.ª colocação. O Paysandu, por sua vez, chega ao sétimo jogo sem vitória e amarga a 18.ª posição, com 26 pontos, dentro do grupo da degola. A derrota marcou a segunda e última partida do técnico interino Aílton Costa no comando do time paraense, que contratou João Brigatti, ex-Ponte Preta, para o cargo.
O São Bento começou com a proposta de manter a bola nos pés e até conseguiu, mas por pouco tempo. Logo viu o Paysandu com mais volume de jogo e presença frequente no campo de ataque. Depois de algumas tentativas, o time paraense teve a melhor oportunidade da etapa inicial aos 44 minutos, quando a bola parou no travessão após o goleiro Rodrigo Viana defender finalização de Renato Augusto.
No segundo tempo, os donos da casa voltaram diferentes e comemoraram logo aos quatro minutos. O gol saiu de cobrança de falta feita por Anderson Salles, que viu a bola bater na trave e nas costas do goleiro Renan Rocha antes de morrer nas redes.
Em vantagem no placar, o São Bento demonstrou mais tranquilidade e teve uma melhora no setor ofensivo, enquanto o Paysandu mostrou abatimento, apesar de ter criado algumas oportunidades. A situação dos visitantes se complicou aos 33 minutos, com a expulsão de Matheus Silva, que recebeu o vermelho após o segundo amarelo ao parar um contra-ataque com falta. Diante do cenário favorável, os donos da casa não tiveram dificuldades em segurar o resultado.

O São Bento volta a campo às 16h30 do próximo sábado para enfrentar o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Um dia antes, na sexta-feira, o Paysandu recebe o Avaí na Curuzu, em Belém, às 18 horas.

FICHA TÉCNICA

SÃO BENTO 1 X 0 PAYSANDU

SÃO BENTO – Rodrigo Viana; Tony, Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro (Pedro Botelho); Fábio Bahia, Dudu Vieira (Ronaldo), Diogo Oliveira (Roni) e Samuel Santos; Joãozinho e Francis. Técnico: Marquinhos Santos.

PAYSANDU – Renan Rocha; Matheus Silva, Perema, Diego Ivo e Diego Matos (Jonathan); Nando Carandina (Claudinho), Renato Augusto, Thomaz, Alan Calbergue (Lúcio Flávio) e Guilherme Santos; Hugo Almeida. Técnico: Aílton Costa.

GOL – Anderson Salles, aos quatro minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

CARTÕES AMARELOS – Diego Ivo, Lúcio Flávio e Matheus Silva (Paysandu)

CARTÃO VERMELHO – Matheus Silva (Paysandu).

Fonte: Estadão Conteúdo
Foto: Erick Pinheiro