O empate (2 a 2) contra o Atibaia, pela rodada passada da Copa Paulista, não estava nos planos do São Caetano. Afinal de contas, o Azulão somou apenas o seu segundo ponto na segunda fase da competição.

Apesar disso, o técnico Pintado prometeu entrega total até o término da participação do Pequeno Gigante no campeonato.

“Primeiro temos que respeitar a história, a camisa do São Caetano. Aqui ninguém irá abaixar os braços. Vamos seguir lutando para vencer. Matematicamente é possível, mas sabemos que é muito difícil(classificação). Sem se entregar em momento algum. Precisamos lutar e apresentar respeito ao clube”, afirmou.

Já sobre o desempenho contra o Atibaia, o treinador analisou as condições do jogo que impediram o time do ABC de sair de campo com o resultado positivo.

“Precisamos correr atrás do marcador. A nossa equipe finalizou 30 vezes ao gol, 11 no gol adversário. Além do goleiro deles fazer milagre. Não temos o que explicar. É a competência de fazer os gols que a gente precisava. Tentamos terminar com a vitória, mas infelizmente não aconteceu”, analisou.

Em quarto lugar no Grupo 7, o São Caetano precisa vencer os compromissos contra as equipes do Votuporanguense e Rio Claro para continuar com chances de classificação. A próxima apresentação do Azulão na Copa Paulista será contra o clube de Votuporanga, na quarta-feira (17/10), às 15h, na Arena Plínio Marin.

Assessoria de imprensa | Fabrício Cortinove