A vitória do Talleres, da Argentina, por 2 a 0, sobre o São Paulo, nesta quarta-feira, em duelo válido pela primeira fase da Libertadores, contou com um velho conhecido do futebol brasileiro: Pablo Guiñazu. Aos 40 anos de idade, e há quatro no clube argentino, o volante foi fundamental no triunfo sobre o Tricolor.

Apresentando sua tradicional garra, que o fez se tornar ídolo do Internacional e querido pelos torcedores do Vasco, foi responsável por três desarmes na partida, sendo dois deles certos, segundo dados do Footstats. Sua contribuição, porém, foi além da marcação.

Guiñazu foi muito importante na distribuição de jogo de sua equipe. Incansável, foi o jogador mais participativo do confronto, tentando 58 passes e acertando 56, o recorde do jogo. Destaque para o seu mapa de calor na partida, que mostra bem como sua movimentação constante ajuda na troca de passes da equipe, sempre se posicionando próximo da bola.

GUIÑAZU CONTRA O SÃO PAULO
– Dados do Footstats

0 gols
56 passes certos
2 passes errados
2 desarmes certos
1 desarme errado
1 finalização errada
1 falta cometida

Por André Schmidt para o site Lance
Foto: Diego Lima (AFP)