Quatro vitórias nos últimos quatro jogos. Esse é o atual retrospecto do XV de Piracicaba no Paulistão A2. A última delas aconteceu na noite desta sexta-feira, 8, no Estádio Municipal Barão da Serra Negra, diante do Linense: 2 a 1. O atacante Ítalo abriu o placar para o Nhô Quim logo aos seis minutos de partida, enquanto que o volante Walfrido fez o segundo, aos 12 minutos da etapa final, e o zagueiro Wellington descontou para os visitantes, nove minutos depois.

Com esse resultado, a equipe de Tarcísio Pugliese chegou aos 23 pontos somados na competição, permanecendo em segundo lugar, neste momento, a dois pontos do primeiro colocado, o Água Santa, que joga às 10h00 do próximo domingo, 10, contra o Juventus, na Rua Javari. O clube da Mooca, aliás, será o adversário do Alvinegro no dia 15, sexta-feira, às 20h00, novamente em Piracicaba, quando o time quinzista volta a campo pelo estadual.

O jogo

Como de costume, o XV de Piracicaba começou a partida indo para cima do adversário, e conseguiu abrir o placar logo aos seis minutos. Ronaldo chutou rasteiro, de dentro da área, e Igor fez grande defesa, mas na sequência Misael pegou o rebote e acionou Ítalo, que arrematou, de esquerda, para o fundo das redes. Os visitantes tentaram a resposta imediata. Um minuto depois, Lucas Newiton bateu cruzado, pela direita de ataque, e a bola passou perto do gol.

Aos 14 minutos, Vinicius chegou à linha de fundo e tocou para trás, para Henrique, que não conseguiu concluir. Em lance similar, na sequência, Raul finalizou, rasteiro, para fora. O Nhô Quim poderia ter feito o segundo aos 29 minutos. Em contra-ataque, Ítalo tocou para Ronaldo, que deixou Kadu Barone em ótimas condições, porém Magno bloqueou no instante do chute. Outra vez destaque no meio-de-campo, Fraga, aos 43 minutos, tomou a bola em saída rival, chegou à entrada da área e bateu colocado, com perigo.

Os visitantes voltaram para o segundo tempo se lançando mais ao ataque, enquanto o Alvinegro procurava responder, como em arremate de Ítalo, que teve mais uma boa atuação, da entrada da área. A bola passou perto do travessão. Seis minutos depois, o destino, no entanto, foi a rede. Misael cobrou falta lateral e Walfrido desviou de cabeça, de costas para o gol, fazendo 2 a 0 XV. Fraga passou perto, novamente, de fazer o seu, aos 18 minutos.

O volante chegou bem ao ataque e finalizou de esquerda. Igor salvou a equipe de Lins. O Elefante deu mais emoção no confronto ao diminuir a diferença no marcador, aos 21 minutos. Em outra jogada oriunda de bola parada, Vinicius cabeceou, a bola bateu no travessão e voltou para o zagueiro Wellington empurrar para o gol, também de cabeça: 2 a 1. A reação, entretanto, parou por aí e a torcida comemorou mais um triunfo no Barão.

Ação

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, o Nação XV, programa de sócio torcedor do XV de Piracicaba, abriu inscrições para as sócias interessadas em entrar no gramado do Estádio Municipal Barão da Serra Negra acompanhando os atletas do Alvinegro antes dos jogos com Linense e Juventus (este último agendado para a próxima sexta-feira, 15, às 20h00). Foram 22 sorteadas, que seguiram e seguirão com os jogadores titulares nesses dois confrontos.

Paulistão A2 2019 – 1ª Fase – 11ª rodada – XV de Piracicaba 2×1 Linense

Data – 08/03/2019
Horário – 20h00
Local – Estádio Municipal Barão da Serra Negra, Piracicaba
Árbitro – Alessandro Darcie
Assistentes – Enderson Emanoel Turbiani da Silva e Leonardo Augusto Villa
Quarto árbitro – Paulo Santiago de Medeiros
Analista de campo – Marta Minopoli
Gols – Ítalo aos 6’ 1/T e Walfrido aos 12’ 2/T (XVP); e Wellington aos 21’ 2/T (LIN)
Cartões amarelos – Ronaldo, Misael, Robertinho e Walfrido (XVP) Vinicius, Magno, Kássio e Wellinson Tank (LIN)
Público – 4.023 pagantes
Renda – R$58.900,00

XV de Piracicaba – Fábio Toth; Robertinho, Douglas Marques, Gilberto Alemão e Michel Benhami; Fraga, Walfrido e Misael (Bruninho); Ítalo, Kadu Barone (Andrei) e Ronaldo (Elias Ceará)  Técnico: Tarcísio Pugliese

Linense – Igor; Magno (Franco), Wellington e João Paulo; Lucas Newiton, Diego Silva (Diego Felipe), Kássio (Wellinson Tank), Thiago Humberto e Vinicius; Henrique e Raul    Técnico: Júlio Sérgio

Fonte: A Província
Foto: Michel Lambstein