Encerrada a maratona de três jogos em sete dias, o elenco do XV de Piracicaba, que folgou na segunda-feira, voltou aos trabalhos na tarde desta terça-feira, no Barão da Serra Negra. Os atletas à disposição que atuaram por menos de 45 minutos ou não foram a campo na noite do último domingo, na derrota por 1 a 0 para o Rio Claro, fora de casa, treinaram no gramado do estádio municipal, enquanto os demais participaram de um treino regenerativo, já focados no mata-mata do Paulista A2.

“Fizemos uma partida de muita transpiração, mas pouca inspiração. Faltou um pouco de calma e inteligência. Chegamos próximos da meta adversária, porém sem criar grandes chances reais de gol. Então, temos que ter esse cuidado, capricharmos um pouco mais nos passes e nas finalizações para termos condições melhores de fazermos os gols”, disse o técnico quinzista Tarcísio Pugliese sobre o revés sofrido no Dr. Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro.

O treinador terá a semana toda para escolher a formação ideal que irá encarar o Atibaia no próximo sábado, às 15h00, em Piracicaba, pela 15ª e última rodada da primeira fase do Paulistão A2. Com 24 pontos somados, o Nhô Quim está em terceiro lugar e busca a vitória para terminar essa etapa inicial na segunda posição, em caso de um tropeço do próprio Rio Claro, que tem três pontos a mais e irá pegar o Sertãozinho, no Frederico Dalmazo.

FOCO TOTAL
Além disso, se manteria à frente de Juventus, que soma 22 pontos e enfrenta o Nacional, no Nicolau Alayon, em São Paulo; e Portuguesa Santista, que soma os mesmos 24 pontos do Alvinegro, o mesmo número de vitórias e um gol a menos de saldo. A Briosa duela com o Santo André, no Bruno José Daniel, em Santo André. Todas as partidas da última rodada serão disputadas no mesmo dia e horário.

“Estamos, obviamente, procurando detectar o que precisa ser ajustado. Tivemos formações diferentes nos últimos jogos, se comparado à equipe que vinha sendo escalada, mas isso não serve como desculpa, até porque nosso elenco é altamente qualificado e todos contam com o nosso aval e nossa confiança. É preciso, também, dar méritos aos adversários e utilizarmos todo o tempo necessário para deixarmos o time o mais preparado possível”, concluiu Pugliese.

Fonte: Futebol Interior
Foto: Del Rodrigues