No primeiro ItuBento decisivo em 30 anos, o Ituano foi melhor e venceu o rival da região por 3×0. Com gols de Kadu, Luiz Paulo e Taliari, o Ituano venceu o São Bento no Walter Ribeiro e garantiu a classificação em segundo no grupo. Parte da missão está cumprida. “Na primeira fase sim. Depois de um primeiro turno com dificuldades. Com nós demorando para entender o campeonato. A equipe se mostrou muito sólida no segundo turno. Tivemos ainda algumas dificuldades, mas abaixo mesmo da média, só tivemos o primeiro tempo contra o Ypiranga. Depois o segundo tempo foi um jogo tenso. Mesmo na derrota contra o Londrina a equipe esteve bem e criou dificuldades. O time criou esta casca no segundo turno. Foi esta maturidade que nos trouxe esta classificação” analisou o técnico Vinicius Bergantin que ressalta a reação de todos após o resultado negativo da semana passada. “É normal que se cria uma tensão depois de você criar uma expectativa de se classificar antecipadamente em casa e não conseguir. Tínhamos mais um jogo aqui, um clássico, e um jogo decisivo para os dois. Nós trabalhamos muito bem esta semana. Todos os dias nós construímos esta vitória. Tenho esta convicção. Durante a semana soubemos digerir a derrota para o Ypiranga e construir esta vitória contra o São Bento”.

A vitória começou a se confirmar a partir dos 9 minutos. Marquinho recebeu um lançamento na direita em velocidade e partiu para cruzar com precisão. Kadu também na corrida cabeceou para abrir o placar. A tranquilidade veio somente no segundo tempo quando Pacheco tocou para Luiz Paulo. Ele partiu em direção ao gol e ninguém conseguiu pará-lo com falta. Frente ao goleiro, teve tranquilidade para fazer 2×0. “Sabia que o placar estava perigoso, pois o São Bento poderia empatar. Eles tentaram me derrubar uma duas ou três vezes. Pude suportar e sabia que se ficasse em pé estaria na cara do gol. Tive este espírito de determinação e garra. Foi o que eu fiz. Não cai e graças a Deus consegui fazer o gol” explicou o artilheiro Luiz Paulo que chega a 4 gols na Série C. Naquela altura a classificação já estava garantida, mas ainda teve a cereja do bolo. Kadu fez uma bonita jogada de habilidade na esquerda pedalando para cima de dois marcadores e levantou na cabeça de Taliari que fechou o placar em 3×0. Além da importante vitória, este gol foi o centésimo do Ituano em 7 participações na Série C. E mais, é o gol 350 em 18 Brasileiros independente da divisão.

O Ituano termina a 1ª Fase com 29 pontos em segundo no grupo B pelo saldo de gols. Tem a 6ª campanha entre os 8 classificados, mas o terceiro melhor ataque com 28 gols. Na próxima fase está no grupo C com Santa Cruz de Recife com a melhor campanha e ataque da competição, Vila Nova de Goiânia, 3o do grupo A e segunda melhor defesa da Série C, e o conhecido Brusque, que já enfrentamos na Série D e nesta primeira fase. “Serão 6 finais. Sabemos da força do Santa Cruz e do Vila Nova, clubes tradicionais em competições nacionais E sabemos da qualidade do Brusque, time que enfrentamos nestes últimos dois anos em grandes jogos. Temos que continuar a trabalhar forte e estar atento na logística. Estar atentos a todos os detalhes para brigarmos pelo acesso a Série B” finalizou Vinicius Bergantin. O primeiro jogo já está determinado e será contra o Vila Nova em Goiânia. Falta confirmação de data e horário para o próximo final de semana. A 2ª Fase só vai terminar na segunda semana de janeiro. Os dois primeiros de cada grupo estarão garantidos na Série B 2021.

Fonte: Ituano