Com quatro meses na MLS, Gabriel Pereira já está conseguindo se destacar no New York City. Com 14 jogos, quatro gols marcados e duas assistências, ele já começa a conquistar seu espaço no time. Mas mesmo a distância, ele segue de olho no que acontece no Corinthians.

Em entrevista exclusiva ao Torcedores.com, Gabriel deu detalhes sobre seu atual momento, além de deixar seus palpites para o futuro do Timão. Confira abaixo:

Torcedores.com – Você esperava essa adaptação tão rápida no New York City?

Gabriel Pereira – Não esperava, mas sempre me empenho ao máximo para absorver tudo o que o treinador pede, além de me aprimorar. Busco evoluir sempre.

T – Qual a principal diferença da MLS para o futebol brasileiro?

GP – O futebol da MLS exige mais porte físico, contato. O do Brasil é um jogo mais pensado.

– Você segue acompanhando os jogos do Corinthians? O que está achando do momento do time e o trabalho de Vítor Pereira?

GP – Vejo os jogos quando posso, mas pela internet sempre dá para saber de algumas notícias. Como não tenho acompanhado à fundo, não posso falar muito do Vitor Pereira. Sei que o time vem se apresentando bem e os reforços estão chegando. Acredito que dará bons frutos.

– Você conquistou espaço no Timão com Sylvinho. Qual sua avaliação do trabalho do ex-treinador do Corinthians?

GP – Sou grato pela oportunidade. Sei que dedicação não faltou de nenhuma das partes. O considero um bom treinador e desejo toda sorte a ele.

T– O New York City é favorito ao título ou é cedo para pensar nisso?

GP – A gente entra em campo sempre pensando em vencer e ir o mais longe possível nas competições. Temos consciência de que a MLS está com nível alto e muito competitiva. Estamos caminhando bem, mas com os pés no chão.

Fonte: Torcedores.com